Dona Maria – A Moto!

Dona Maria

A moto escolhida para a nossa aventura de 2012 foi uma Honda ST1300 Pan European!

…e ela tem nome: Dona Maria.

Escolhi Dona Maria em homenagem à avó da Fernanda, pois ambas são brancas, baixinhas, largas… e têm cara de invocada!

A Escolha da moto

Inicialmente eu tinha alguns modelos em vista, mas logo percebi que eu estava pensando mais em satisfazer a minha vontade de possui-las do que de comprar uma moto capaz de percorrer o longo trajeto totalmente carregada e fornecendo o mínimo de conforto.

Para eu chegar a conclusão de comprar uma Pan European eu pesquisei e pensei em diversas outras opções, mas quem me conhece sabe que eu sou um cara TEIMOSO, e quando eu ponho uma idéia na cabeça, é dificil de me converser do contrário!!!
E a idéia que eu havia posto na cabeça era: a minha próxima moto será uma com motor V4… Parece loucura, pois as V4 geralmente NÃO são motos muito econômicas no consumo de combustível, mas por outro lado são robustas e confiáveis!

Mas tenho que confessar, que dentre as opções que eu tinha em mente, a minha preferida era a BMW R1200RT, mas estava totalmente fora do meu modesto orçamento de £3.000 (R$9.000) e como dinheiro pra mim era um problema, logo desisti das BMWs pois a manutenção é cara e a minha vontade de ter uma V4 falava mais alto…

… e também decidi que deveria comprar uma moto que não existisse importação oficial no Brasil, que eu deveria comprar uma moto que dificilmente eu conseguiria ter vivendo no Brasil… assim a Honda Pan European encabeçou a lista.

Então encontrei a Dona Maria, no ebay…

dei lances de até £3.500… Ganhei!….Mas não levei… pois o preço de reserva do vendedor era £4.400…
Conversando com o vendedor ele disse que entregava a moto por £4100… marquei uma visita pra ver a moto…

O mais estranho de tudo é que o preço médio de uma ST1300 2005 era de £6.500… e uma Zero Km (2012) custava £12.000. (motos e carros na Inglaterra desvalorizam MUITO rápido), e essa estava pra ser minha por £4100, porque tão pouco?

Barata por que essa moto já pertenceu a policia escocesa, é uma ex police bike. Confesso que fiquei um pouco decepcionado ao ver a moto, ela não estava tão conservada quanto eu imaginei, mesmo estando com relativamente poucas milhas no odometro, 34.000 milhas (uma Pan European roda 100.000 milhas com facilidade), a aparencia física da moto deixou a desejar, ela tem muitos pontos de ferrugem e oxidação, causados pelo sal jogado nas ruas durante o rigoroso inverno Escoses, e sendo uma moto da policia ela era guiada em qualquer clima e condição, todos os dias do ano…
Algo dentro de mim dizia: Vá embora e procure por outra moto… Mas depois de dar uma voltinha na danada, e somando a ansiedade de comprar uma moto logo, comprei a danada… £4100 no cash…Confesso que não foi uma barganha, mas valeu a pena! Mesmo eu tendo que emprestar £1.000 do primo da Fernanda!

Mas o mais triste foi que um mês depois encontrei uma BMW R1200RT 2007, uma ex moto de moto-escola, por £5.000…
Mas tudo bem… pois essa já estava £2.000 fora do meu orçamento, mas que deu vontade deu!

Mas o importante é que a Dona Maria, aparentemente, está pronta pra encarar o desafio… novos pneus, novas pastilhas, novos fluidos, nova bateria e pronta pra pista!

Ecrevendo esse texto percebi que tenho MUITO mais o que escrever sobre a moto, sobre o modelo, sobre os PROBLEMAS, sobre as qualidades e as curiosidades da vida motociclística aqui na Inglaterra!

Por isso vou escrever alguns posts específicos para esses pontos, leia aqui o meu review da Pan European, e aguardem por mais!

Muito obrigado!

Abraço

Marco – CoGuMeLo

Deixe uma resposta

Protected by WP Anti Spam